sexta-feira, 13 de maio de 2016

Corrente do Mal (It Follows, 2015)

O filme tem direção interessante, entre cenas aberta (muito bem aproveitadas), imagens estáticas e a visão de 360° de algumas cenas, muitas vezes fazem a gente viajar, embarcar na trama, e até achar que viu alguma coisa, me deixou meio paranoica depois de alguns minutos.



A fotografia é impecável, a trilha sonora é sufocante como deve ser, tem jovens e sexo como tema central da história. Os clichês mais interessantes também estão lá e me fizeram lembrar de filmes como "Sexta-Feira 13"(1980), "Halloween" (1978), "O Iluminado" (1980)... Mas o que há de bom aqui, é que nos faz lembrar, mas não nos faz comparar, porque as ideias foram bem usadas, estão mais para referencias do que um plágio de idéias, tem muitas metáforas é preciso prestar bastante atenção, e cria uma tensão própria, a ideia não é original mas funciona bem.




Sinopse: A jovem Jay (Maika Monroe) leva uma vida tranquila entre escola, paqueras e passeios no lago. Após uma transa, o garoto com quem passou a noite explica que ele carregava no corpo uma força maligna, transmissível às pessoas apenas pelo sexo. Jay tem a decisão de carregar esta sina consigo, ou passá-la adiante. Enquanto isso, a jovem começa a ser perseguida por figuras estranhas que tentam matá-la, e que não podem ser vistas por mais ninguém. Jay enfrenta um dilema: como explicar o caso às pessoas ao redor, e como interromper esta corrente?

Veja o trailer:

É um filme inteligente que como os clássicos, não precisar apelar para os sustos seco, nem sangue, ou gosmas saltando na tela.A edição também merece ser mencionada, no desenvolvimento da história temos cenas independentes e não sabemos quanto tempo se passou de um acontecimento a outro, isso na minha opinião, aumenta a curiosidade. O filme realmente me prendeu e me deixou sem piscar.


Temos aqui, qualidade, um bom filme de terror. Mas se você é fã de filmes como "Invocação do Mal""Annabelle""Sobrenatural" e gosta de explicação para tudo, provavelmente não irá gostar, pois nesse, não tem matança desenfreada, não tem jumpscares, quase não tem sangue e nem nojeiras similares, é um terror de sub-gênero Slasher,  mais psicológico, beirando o sobrenatural, é um terror para quem aprecia cinema de qualidade.