quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Sem Retorno (Self/Less, 2015).

Com um roteiro bem interessante, mesmo com algumas falhas, este filme nos brinda com um elenco muito bom e boas a interpretações, a direção é do Tarsen Singh, ele é bom com enquadramentos e planos abertos, as cenas de ação são bem editadas, a fotografia é excelente, eu gostei muito do trabalho dele.


"Damian (Ben Kingsley) é um bilionário que está muito doente. A saída que ele encontra para continuar vivo e, para sempre, é participar de um experimento, que consiste em transferir a sua mente para um corpo jovem e saudável (Ryan Reynolds). Mas a busca pela imortalidade revela efeitos colaterais com danos irreversíveis."


Tendo isso o filme nos prende do início ao fim, com suas reviravoltas e sem muito blá, blá, blá, é um filme de ficção cientifica com uma boa dose ação e bastante envolvente. Ao longo da trama, ficamos tentando adivinhar que rumo a história vai nos levar. Mas infelizmente, mesmo com algumas boas descobertas, o longa perde um pouco a criatividade depois da segunda metade, o que baixa um pouco as expectativas, se tornando previsível.


Mas o filme tem uma qualidade visual muito boa, fãs de ação/ficção científica com certeza vão curtir, o filme tem seus atrativos, é um bom entretenimento. O tema poderia ser melhor explorado, o roteiro bom porém preguiçoso, mas vale a diversão e ainda fica algumas questões na cabeça: "E se...?", "Até aonde nós iriamos?". As atuações são boas, Ryan Reynolds está bem, Ben Kingsley faz uma participação excelente, e os personagens secundários são de peso. Também estão no elenco, Matthew Goode (excelente), Natalie Martinez, Victor Garber e Michelle Dockery.


Veja o trailer: