segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Livros - Extraoridinário.

“Não julgue um livro menino pela capa cara”


Me preparando para mais uma adaptação que vai chegar em breve nas telonas de cinema, peguei na estante o livro que será adaptado (Detalhe: tem quase um ano que comprei) e li em 2 dias! 
Extraordinário é assim, um livro que a gente pega e não quer largar mais, mesmo quando acaba. E eu vou contar aqui para vocês o que eu achei dele, lindo é pouco.


August Pullman, ou simplesmente Auggie, é um menino de 10 anos que nasceu com uma deformidade facial, devido a este problema ele teve que passar por diversas cirurgias pois ele não podia nem sequer se alimentar como uma criança normal, sem falar na aparência física que causava estranhamento entre as pessoas que o viam e isso magoava o nosso pequeno herói. Auggie nunca tinha ido a escola, segundo ele, foram muitas cirurgias que o impediam de frequentar às aulas, então ele estudava em casa com sua mãe, e sempre foi muito inteligente, mas ao completar 10 anos de idade, as cirurgias cessaram e seus pais decidiram que Auggie poderia frequentar a escola. E é aí que nós começamos uma jornada que nos leva a ver o mundo através do olhos de uma criança que, apenas fisicamente, é diferente do resto do mundo, mas é como o mundo reage que faz toda diferença. 
O livro começa sendo narrado pelo Auggie, ele conta desde seu nascimento, o terrível momento em que ele vai para escola e tudo que ele passa por lá, ele não é forçado a ir à escola, tem a promessa da mãe que se não for bom para ele, ele poderá voltar a estudar em casa, mas Auggie aceita o desafio. 

Céus! Como as crianças podem ser tão cruéis?! Mas tudo isso é contado de uma maneira muito leve e divertida, a autora R J Palacio, faz uma narrativa de linguagem simples, há muito amor e carinho também. E as referências à cultura pop estão em cada página do livro, como por exemplo, August ganha o apelido de Major Tom quando recebe um capacete de astronauta de Miranda, uma amiga de sua irmã. O apelido é uma referência a um astronauta criado por David Bowie, nas músicas Space Oddity, Ashes to Ashes e Hallo Spaceboy. Inclusive você encontrará trecho da música Space Oddity no livro. Demais! Mas não para por aí, Star Wars é a paixão de Auggie e o livro inteiro vamos encontrar referências sobre a saga e personagens, assim como em Indiana Jones, D&D, também tem referências a literatura, como O Pequeno PríncipeAs Crônicas de Nárnia, O Médico e o MonstroO Mágico de OzPeter PanGuerra e Paz... 


Antes de começarem as aulas a mãe de Auggie o levou para conhecer a escola e o diretor (Sr. Buzanfa!), chamou algumas crianças para que pudessem mostrar ao Auggie como seria o ambiente e logo de início ele já passou pela primeira prova de fogo, um dos garotos o chateou perguntando sobre o que havia acontecido com seu rosto, se ele teria sobrevivido ao algum incêndio, era só o início do que veríamos mais tarde, porém nem tudo era assim tão ruim, o professor de Inglês (Sr. Browne), criou uma dinâmica entre os alunos, usando preceitos, a partir disso fazendo as crianças a refletirem sobre frases de efeito que elas teriam que todo mês formular. Nesse clima o pequeno protagonista se sente mais a vontade em sua escola e percebe que mesmo que haja dias ruins haverá também coisa boas e novas esperando por ele. É muito gostoso quando chega neste ponto e o livro nos faz mergulhar em citações que vão de Homer Simpson a Shakespeare. Hehe, muito bom! Os clichês estão lá, como o esperado, August faz amigos, alguns deles também narram a história mostrando o ponto de vista deles sobre o Auggie, a irmã dele também fala um pouco da sua vida, o antes e o depois do nascimento do seu irmão, é muito legal ver o Auggie pelo olhar de outras pessoas e principalmente porque também são crianças e adolescentes.


Eu recomendo este livro para pessoas de todas as idades (os adultos vão se apaixonar), principalmente para quem está na fase escolar entre 10 e 16 anos, é um livro divertido, triste, fofo... A gente se identifica ou identifica alguém em algum momento, nos faz sorrir, nos leva as lágrimas e também deixa mensagens muito legais, como esta que eu adoro: "Quando tivermos que escolher entre estar certo ou ser gentil, seja gentil." 


O longa terá no elenco o fofíssimo e talentosíssimo Jacob Tremblay (do filme O Quarto do Jackvivendo o pequeno protagonista e também teremos Julia Roberts, Owen WilsonIzabela Vidovic e a brasileira Sônia Braga no papel de avó materna de Auggie. O longa tem estreia prevista para maio de 2017. Aguardando ansiosamente.
Corram e leiam o livro!


Ficha Técnica
Título: Extraordinário (Wonder)
Autor: R. J. Palacio
Ano: 2013
Gênero: Juvenil
Editora: Intrínseca
Páginas: 320