terça-feira, 20 de outubro de 2015

Peter Pan (PAN, 2015)

Eu ouvi alguém dizer, pensei sobre isso e concordo: "Esse Peter Pan é o MAD MAX das crianças!"



Muita aventura e cores, o filme não deixa nada a desejar em CGi, os efeitos visuais e sonoros são de arrepiar e o 3D... Sensacional!




No elenco temos Hugh JackmanGarrett HedlundRooney MaraAmanda Seyfried e Levi Miller, são bons atores, mas o destaque fica por conta Hugh Jackman com seu Barba Negra, já não posso dizer o mesmo do personagem James Gancho, é a pior atuação do ano, me desculpem os fãs de Garrett Hedlund, mas ele merece no mínimo uma indicação no Framboesa de Ouro, a atuação dele me deixou torta na cadeira toda vez que ele falava, será que ele estava com torcicolo?? Bom, deixa pra lá! 



A trilha sonora que nos brinda com Nirvana e Ramones, vocês precisam ouvir isto aqui, é uma bela versão, que reforça que este é o MAD MAX dos pequenos!

Smells Like Teen Spirit - Nirvana (por John Powell)

Blitzkrieg Bop - Ramones (por John Powell)

Esse, na minha opinião é o melhor momento do filme, pela trilha sonora e pelo o que o filme apresenta enquanto toca. Depois disso, achei que não mantém o ritmo, e se perde.



O roteiro é bem fraquinho, um ensaio para o que pode vir?! Hoje em dia parece que só se faz filme pensando em guardar o "algo mais" para o próximo, e isso acontece aqui também. No primeiro momento quando Peter chega a Terra do Nunca, até o segundo ato, quando é encontrada a tribo da Princesa Tigrinha (mas uma adaptação que não me agradou muito, mas até comprei a ideia), parece que a trama vai com tudo, mas já no terceiro ato o filme perde um pouco a força e aí é só esperar pra ver no que dá, a ação ajuda a prender a atenção do espectador.



O filme agrada mas não satisfaz, para mim a melhor versão de Peter Pan (já contada sei lá quantas vezes), ainda é Hook - A Volta do Capitão Gancho (Hook, 1991), pra quem não lembra, com  Robin Williams, Dustin Hoffman, Julia Roberts no elenco e Steven Spielberg na direção. Essa versão 2015, tem um belo visual, diverte, distrai, e mesmo com alguns problemas, vale a pena levar a criançada ao cinema para assistir.