terça-feira, 13 de outubro de 2015

Locke, 2013

Filme em tempo real com 1h e 20 minutos aproximadamente, e tudo se resume a uma estrada, o carro, o telefone e Locke. Um filme de um homem só.



Você só precisa de 30 minutos pra entender tudo que se passa na vida de Locke (Tom Hardy), daí em diante é torcer, chorar, enlouquecer, questionar, julgar e refletir, até o desfecho do filme. Graças a fantástica atuação de Tom Hardy e a boa direção, se torna tão convincente, tão real, me sentir carona de Locke e quis brigar e apoiá-lo em suas decisões a medida que os diálogos vão se desenvolvendo, e enquanto isso o personagem cresce.


Locke é um filme para quem gosta de bons diálogos, ousadia e um bom drama. O roteiro é simples e corajoso, tudo aqui está em jogo, casamento, filhos, casa, família, carreira, trabalho, dignidade e cárter... Altamente reflexivo. 

Não recomendo para os mais preguiçosos. 


Um filme de Steven Knight com Tom Hardy e vozes de Olivia Colman, Ruth Wilson, Andrew Scott, Ben Daniels, Tom Holland, Bill Milner e Danny Webb.