domingo, 8 de março de 2015

Relatos Selvagens (Relatos Salvajes, 2014)



Um filme imperdível, genial, trágico, engraçado, violento, surreal e, principalmente, original. Fantástico!

É um longa argentino (que tem na produção Pedro Almodóvar com toda sua excentricidade), composto de 6 curtas, com tempo de duração e temas diferentes, recheado com muito humor negro, drama e suspense. Cada curta conta uma história independente, cada história é mais surpreendente, do que a outra, todas elas com muita qualidade, todas são ótimas, e as interpretações realmente são muito boas. A primeira delas, a do avião, já mostra de cara a que veio o filme. 

Uma das histórias me lembrou muito o filme "Um dia de Fúria" (com Michael Douglas, lembram?), e as demais histórias, também são neste nível, o nível máximo da tolerância humana, ou além dele... São situações comuns ao nosso cotidiano que se desenvolvem de maneira exagerada, eu diria que é aquilo que nós gostaríamos de fazer num momento delicado ou estressante, mas como somos "pessoas civilizadas e sãs", não faremos! A gente acha graça, porque nos vemos ali, isso é a pior parte, e mesmo assim, nos divertimos.
 
No geral o filme retrata a humanidade e até que ponto não podemos chegar, porém podemos admitir que pensamos algumas vezes em chegar àquele extremo, que algum desses personagens que, com certeza nós nos identificamos, chegou.




Enquanto o Brasil apresenta uma enxurrada de comédias debiloides, "nossos hermanos" argentinos evoluem e mostram para o mundo que também há cinema inteligente do lado de cá da linha do Equador.