sexta-feira, 20 de março de 2015

Drácula - A História Nunca Contada (2014)

Mais um filme sobre origens. Mas eu curti, aqui não temos um filme ruim, o filme é bom, porém... 

Se o personagem não fosse Drácula, poderia ter sido uma história original de um vampiro novo. O filme é muito voltado para a ação e senti falta do terror e da sensualidade, o que é marcante e muito presente em filmes do "Conde das Trevas". Esta é verdadeiramente uma outra versão para a história, completamente diferente da original de Bram Stoker e nitidamente um recomeço para uma nova franquia. 

O filme faz do protagonista um herói-monstro-herói, Luke Evans tem boa atuação mas é o roteiro que não me convence, sua motivação é a guerra, salvar seu povo. Temos aqui uma fotografia belíssima acinzentada, bons efeitos de CGi, efeitos visuais são o forte do filme, eu gostei muito, a trilha sonora e o figurino estão de parabéns.




Charles Dancer (adoro!) está muito bem e pavoroso, porém um diálogo "pobre" e uma frase de efeito que estragou tudo que estava bom até então, e como se não bastasse... a frase se repete (hein?!).
 As cenas de guerra eu destaco uma em especial, um quadro onde a guerra é refletida na lâmina de uma espada, palmas para o diretor, ficou sensacional!

A segunda parte do filme se torna mais interessante, nosso herói se torna mais agressivo, alguns acontecimentos nos prende a atenção e quando nos damos conta, acabou. 

Tentei não fazer comparações. Se eu fosse dar uma nota daria 7,5. É um filme pipoca, pra lavar a alma de quem espera por um filme de vampiros. 

Nota para os fãs incondicionais de Drácula de Bram Stocker:
E mais uma vez a história do príncipe da Transilvânia chega as telonas, mas este será com certeza o menos marcante. Essa "história nunca contada" na minha opinião poderia continuar não contada ou pelo menos podia ter sido de outro personagem que não fosse Drácula, que todos conhecemos bem.