quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

O Espião que Sabia Demais (Tinker Tailor Soldier Spy, 2011)


É um bom filme de espionagem, com grande elenco, porém é um filme complexo, que tem uma narrativa inteligente e peculiar, mesmo eu prestando muita atenção, me perdi e em alguns momentos eu não sabia para onde o filme estava me levando. É ótimo para quem gosta de roteiros bem elaborados.


Tinker Tailor Soldier Spy é um romance de espionagem lançado em 1974, do escritor britânico John le CarréQuem gosta de filmes de ação, passe longe deste, aqui temos um filme de diálogos e atuações que exigem do público muita atenção. Com a fotografia granulada em tons de sépia, lembra muito os filme clássicos de espionagens, a trama retrata uma Inglaterra em 1973, em plena Guerra Fria, e um jogo de caça ao rato, espiões que estão entre espiões. A trilha sonora também é um detalhe que devemos apreciar.
Assista ao trailer:


Com Gary OldmanBenedict CumberbatchMark StrongColin Firth,Tom Hardy, entre outros.

Sinopse: George Smiley (Gary Oldman), um veterano da divisão de elite do serviço secreto inglês conhecida como Circo. Após a morte de seu ex-chefe e de alguns fracassos em missões internacionais, ele é chamado para desvendar um mistério sobre a identidade do agente duplo que, durante anos, trabalhou também para os soviéticos. Todos à sua volta são suspeitos, mas, como bons espiões que são, foram treinados para dissimular e trabalhar em condições de extrema tensão.




O longa está disponível no catálogo da Netflix.